18/04/09

Tu és poesia




Dizem os meus apontamentos, que foi o primeiro trabalho com que concorri a um passatempo na Rádio Sines... já lá vão uns aninhos!!


Tu és poesia

És a minha ternura, é meu viver
És tudo aquilo que posso sentir
És as palavras que não sei dizer
És a lágrima que teimo conter
És a força que me faz prosseguir.

És a raiva que sinto, és frustração
És raiva incontida, és nostalgia
És o meu grito de libertação
És o meu escape, a minha emoção
A minha tristeza e a minha alegria

És o rostinho de cada criança
És o sorriso que ilumina o seu rosto
O seu olhar vivo de total confiança
Ou sua lágrima face ao desgosto

És o mistério, és a beleza
És por do sol ao cair do dia
És espaço infinito em sua grandeza
És força vital e és natureza
A minha tristeza e a minha alegria

És a Paz, és o Amor
És realidade e és fantasia
És o bem estar e és a dor
O romper do sol em cada alvor
Tu és a Vida! Tu és Poesia!

Filó (1990)

2 comentários:

Cacilda disse...

E conseguiste algum prémio com este lindo trabalho?
Lembro-me de ouvir na Rádio Sines
o programa dos poetas que liam em directo os seus versos. E eram alguns... lembro-me de te ouvir e apreciar bastante a tua arte de trabalhar as palavras.
Beijinhos
Cacilda

Filomena disse...

Recebi um livrinho de poesia "O que a vida me ensinou" de Maria ALice. Poetisa e cantora do Cercal do Alentejo.
Sim, foram programas que também guardo boas recordações...

Beijinho
Bom domingo
Filó